Notícias

Arrasta-pé do Galo está confirmado no Palácio Enéas Freire

O Galo da Madrugada encerra seu ciclo junino com o Arrasta-pé do Galo, dentro das programações do projeto Sexta Livre. O evento acontece no dia 13 de julho e será comandado por Luizinho de Serra acontece no Palácio Éneas Freire, no bairro de São José, a partir das 21h.

E não para por aí, a noite promete muito “xenhenhém” e conta com a participação de grandes nomes do forró nordestino. São eles: Nádia Maia, Irah Caldeira, Cristina Amaral, Loirão, Fabiana Pimentinha, Gustavo Travassos, Ivan Gadelha e muito mais. 


SERVIÇO
Ingressos: 
Inteira: R$ 40
Meia-Entrada: RS 20
Mesa: R$ 160 (Venda apenas na Sede)

Classificação 18 anos

Informações do Evento:
Local: Sede do Galo da Madrugada
Endereço: Rua da Concórdia, 984, São José- Recife
Venda de Ingressos PRESENCIAIS: Sede do Galo da Madrugada
Venda de ingressos ONLINE: www.sympla.com.br/galodamadrugada
Horário do Evento: 21h
Informações: www.galodamadrugada.org.br

Galo da Madrugada é homenageado na Alepe

O Galo da Madrugada foi homenageado em Reunião Solene na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) pelos seus 40 anos existência e incentivo à cultura do estado. A cerimônia, de autoria da deputada Priscila Krause (DEM) e do ex-deputado Gustavo Negromonte, foi realizada na noite desta quarta-feira (13), no auditório Senador Sérgio Guerra, no Edifício Governador Miguel Arraes de Alencar, prédio-sede da Alepe.

Foto: Alepe

Na ocasião, Priscila Krause lembrou que o Galo da Madrugada sempre foi celeiro de cultura e reconheceu a contribuição social prestada pela agremiação. “É importante a gente registrar aqui na Assembleia e comemorar esses 40 anos do Galo da Madrugada porque é uma agremiação carnavalesca que nasceu a partir da cultura e do carnaval recifense, mas que hoje é um grande estimulo e um grande elemento de consolidação da nossa identidade cultural, das raízes do frevo, da continuidade e perpetuação disso. A história do Galo hoje se confunde completamente com a história do Recife e não existe história do Recife sem o Galo da Madrugada. Me sinto absolutamente honrada e distinguida de estar fazendo parte desse momento”, disse a parlamentar.

O deputado Alberto Feitosa (SD), representando Gustavo Negromonte, lembrou que o Galo da Madrugada já foi destaque em três edições do Brazilian Day. “Realizamos ações de divulgação em vários estados brasileiros. Na verdade, a gente estava divulgando Pernambuco e não tinha como divulgar Pernambuco sem divulgar o Galo da Madrugada. Levamos o Galo ao Panamá, Portugal, Estados Unidos. Tudo com o objetivo de mostrar ao mundo nosso orgulho de ter o maior e melhor bloco de rua do planeta”, disse.

Com menção aos antigos carnavais e aos compositores e diretores que fazem parte da história do clube de máscaras, o presidente do Galo da Madrugada, Rômulo Meneses, agradeceu a homenagem da Alepe. “Nosso trabalho é desempenhado com muito amor e carinho. Então para nós, da família do Galo da Madrugada, esse reconhecimento é muito gratificante. Em nome de toda a diretoria e dos dois mais de milhões de foliões, muito obrigado”.

Já conhecido por comparecer aos desfiles do Galo da Madrugada, o ex-governador de Pernambuco Gustavo Krause falou em nome dos foliões. “Eu sou mais conhecido fora como folião do Galo do que como político. É impressionante”. Em discurso informal, Krause declarou seu amor pelo Clube das Máscaras “Fenômeno de resistência cultura, de explosão popular”. O ex-governador finalizou sua fala com um poema:

Reino do Pernambucarnaval
Território: Recife, cidade lendária | Olinda, cidade eterna
Governo: Monarquia Absoluta exercida pela Rainha do Maracatu com poderes mágicos de fada madrinha e de santa e o Rei Momo é o Bobo da Corte.
Constituição:
Art.1: Fica instituído o reino da alegria e decretada a folia em todo território do Pernambucarnaval, Recife e Olinda. Sob os acordes do frevo e do maracatu.
Art.2: Está constituição entra em vigor do sábado de Zé Pereira até a quarta-feira de cinzas. Revogados a tristeza, o mau humor, o pessimismo e o azar.
Descrição: Neste reino, não haverá saudades, todos estarão vivos, de braços para o alto frevando sem parar, assim na terra, como no céu. As mulheres serão morenas da cor de canela, diabos louros com cara de gente, mulatas da cor de anil, e todas terão pele macia, carne de caju, saliva doce. Os homens serão bons e pacíficos, saíram fantasiados de anjos, dizendo a uma só voz: “Olinda, quero cantar a ti esta canção”. O amor será livre, leve e louco. Todos comerão o pão que Deus amassou. Beberam bate bate com doce, provarão do vinho que Byron ofertou e a sobremesa será xxxx. Às noites serão iluminadas as casas e ruas, em vez de lâmpadas, por pedaços de lua. Na madrugada do terceiro dia, choverá um minuto de cinzas, para lembrar que somos pó e que ao bacalhau na vara retornaremos. Depois, todos dormiram em paz durante 361 dias, sonharão com serpentinas partidas, até que o Galo canta e anuncia a madrugada do xxxxx.


Além dos deputados estaduais e do ex-governador Gustavo Krause, estiveram presentes na cerimônia o vice-prefeito do Recife, Luciano Siqueira, o médico pediatra Fernando Azevedo e o ex-diretor e vice-presidente do Galo da Madrugada, Dirceu Paiva.

Tudo o que você precisa saber sobre o Forrozão do Galo 2018

Quando é: Dias 1º e 2 de junho
Qual o valor: GRATUITO
Onde: Na Praça Sergio Loreto, São José, Recife - Pernambuco
Que horas começa: 18h
Quantos polos: São 6 polos, mais o cortejo junino com trios elétricos

 

1. Polo Raízes: Apresentação de grupos folclóricos com exibição de coco, repente, embolada e ciranda).
2. Polo Infantil das Danças: Apresentação de quadrilhas junina infantil. Com área reservada a pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida.
3. Polo Gastronômico: Comercialização de comidas típicas das festas juninas nordestinas,
4. Polo das Artes: Exposição da cidade cenográfica, uma cidade típica do interior nordestino, exposição de figuras de barro.
5. Polo do Forró: Apresentações de forró no palco (ver atrações abaixo).
6. Polo Instrumental: Apresentações de forró instrumental: Baião, Xote, Xaxado com participação de bailarinos para interagir com o público.
7. Cortejo Junino: Bacamarte, Bandeiras de São José, Santo Antônio, São Pedro, Estrela de São João, Andor de São João, Balões Iluminados, Grupos de Pífano, Grupos de Xaxado, Bonecos Gigante, Carro alegórico com figuras folclóricas junina, Quadrilhas Juninas (“quadrilhão”), carroça de cavalo cenográfico com fantasiados de noivos, fogos de artifício e trios elétricos (ver atrações abaixo).

ACESSIBILIDADE 

Buscando possibilidades de atender os mais diversos públicos, este ano o Forrozão do Galo promoverá um dia de acessibilidade. No sábado (02/06), às 18:30, o evento vai oferecer visita guiada, pelos 6 polos culturais, com áudiodescrição e libras. Para participar, os interessados devem enviar nome completo via whatsapp para (81) 99606.3464. A visita guiada tem o número de vagas limitadas.

Atrações TRIOS ELÉTRICOS

• Fabiana Pimentinha
• Ivan Gadelha
• Banda Luará
• Asas da América

 

Atrações PALCO

Sexta (1º )
• Dani Verolli – 20h
• Musa – 21h
• Elba Ramalho – 23h
• Jorge de Altinho – 00h45

Sábado (2)

• Gustavo Travassos – 20h00
• Loirão – 21h15
• Amigos Sertanejos – 22h45
• Joelma – 00h30

 

Confira o mapa com a localização dos POLOS CULTURAIS:

Morre José Mario Chaves, autor do Hino do Galo da Madrugada

O professor universitário e compositor José Mário Chaves, autor do hino do Galo da Madrugada, morreu no sábado (12), no Recife. A informação foi repassada pela família do professor.

Conhecido por convocar os foliões desde 1979 para brincar no maior bloco de rua do mundo, Chaves viu sua canção ser interpretada por diversos artistas, entre eles Alceu Valença, voz pela qual a música ficou mais conhecida.

O sepultamento acontece nesta segunda-feira (14), às 15h, no Parque das Flores. 

O Galo da Madrugada lamenta a perda do amigo e compositor.

Galo da Madrugada visita escolas para difundir o frevo

Que o Galo da Madrugada é Carnaval todo mundo sabe. Mas o que pouca gente sabe é que o Clube das Máscaras o Galo da Madrugada é um grande incentivador da cultura pernambucana por meio dos seus projetos multiculturais e sociais. Na tarde de ontem (19) o Galo da Madrugada visitou a Escola de Referência em Ensino Médio Alberto Torres, no bairro de Tejipió, Zona Oeste do Recife, onde apresentou a história do frevo a aproximadamente 300 estudantes.

Na palestra foram abordados aspectos como origem, compositores, tipos de música, tipos de dança e elementos utilizados no frevo. Para garantir a inclusão de todos os estudantes, a apresentação contou com intérprete de libras e áudio descritor.

A iniciativa faz parte do das ações de 40 anos da agremiação e tem o incentivo do Ministério da Cultura. Na próxima semana, a aula itinerante visita ainda outras duas instituições de ensino, sendo uma no bairro do Ibura, zona sul, e a outra em São José, área central do Recife.

A proposta é estimular e difundir nossas expressões culturais à nova geração que se apresenta, levando até eles o frevo como nossa identidade, com a finalidade de preservar nosso patrimônio histórico.

Para a diretora de projetos e relações públicas do Galo da Madrugada, Tatyana Veríssimo, a interação e conhecimento dos jovens são essenciais para difundir o frevo. “Os jovens tem fácil acesso a músicas e danças mais populares, como funk e sertanejo, mas eles são o futuro do nosso patrimônio e é necessário aproximar deles o ritmo genuinamente pernambucano. Só por meio dessa sapiência, dessa identificação com o ritmo, que acontece a valorização”, explica.

 

Frevo

Surgido no final do século XIX frevo é uma dança e ritmo brasileiro originado em Pernambuco. Reconhecido em dezembro de 2012 como Patrimônio Imaterial da Humanidade, a expressão já havia recebido título de Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro desde 2007.
Valorizar e transmitir a verdadeira identidade cultural de Pernambuco é uma das missões que o Galo da Madrugada se orgulha em desempenhar.

Recife Samba de PE anuncia primeira apresentação de 2018

Gerlane Lops mandou avisar que o Recife Samba de PE já tem data para voltar. A 7ª edição do projeto retoma as atividades no dia 5 de maio e promete aquecer os sábados do Palácio Enéas Freire, no bairro de São José, área central da capital de Pernambuco.

Para a primeira apresentação desta temporada, a anfitriã traz à sede do Galo da Madrugada a rainha do brega, a cantora Michelle Melo, e o canto­­­r Nego Thor. No repertório, além dos clássicos do samba, Gerlane traz canções autorais já conhecidas do público.

O evento acontece a partir das 19h. Os ingressos do 1º lote custam R$ 40,00 (inteira), R$20,00 (meia) e R$ 160 a mesa para 4 pessoas e podem ser adquiridos na sede do Galo da Madrugada, na Rua da Concórdia, ou no site www.sympla.com.br/galodamadrugada

 

 

Recife Samba de PE

Comandado pela cantora, compositora e percussionista por Gerlane Lops, o projeto multicultural Recife Samba de PE estreou na Sede do Galo da Madrugada em Outubro de 2011 e já apresentou nomes como Mart'nália, Zélia Duncan e Isabella Taviani.

 

Serviço
Sede do Galo da Madrugada
Ingressos: Sede ou www.sympla.com.br/galodamadrugada
Sábado (5 de maio), às 19h
R$ 20 a R$ 160
Informações: 81 3244-2899

Junho 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30


Camisa Oficial Galo da Madrugada 2018
40 Anos


 



Tulipa do Galo da Madrugada